ef II

Ensino 

Fundamental II

Para acolher os alunos dos anos finais do Ensino Fundamental construímos uma concepção interdisciplinar. Em cada aula há um repertório de estímulos que os convidam a pensar além da disciplina e da escola; a forma como o conteúdo estudado se aplica em situações reais do dia-a-dia e o porquê de se estudar determinados assuntos, são alguns dos questionamentos incentivados na instituição, abrangendo, inclusive, as línguas estrangeiras, por meio de uma visão globalizada e transcultural de pensar a sociedade. 

Por meio de uma abordagem mediadora, na qual o aluno é o centro da construção do aprendizado, o corpo docente e toda a equipe escolar criam um ambiente de práticas ativas, visando favorecer a busca pelo conhecimento, seja por meio de leituras compartilhadas, criação de projetos, aula invertida, debates em sala, exploração de mídias digitais, formação de variadas formas de expressão artística, entre tantas outras atividades. A abordagem colaborativa, bem como a resolução de problemas em grupo, se estende para as práticas esportivas.

A precisão teórica aliada à contextualização do ensino, considerando o meio sociocultural do aluno e sua bagagem de experiências pessoais, permitem que esta seja uma etapa de formação integral, em que a aquisição de conceitos se desenvolve paralela às habilidades socioemocionais de cada um, construída em caráter colaborativo.

Leitura compartilhada: em todas as aulas, há o convite à leitura e a reflexão sobre o texto para que haja uma apropriação do que é lido. Assim surgem novas ideias,  argumentos e a construção de saber;

Expressão artística: por meio de diferentes estratégias de manifestação de pensamento, a aula de arte apresenta técnicas diversas para revelar sensações, impressões de mundo, subjetividades, além de uma profunda imersão no tempo, estudando movimentos artísticos e concepções socioculturais.

Debates: em diálogo com a leitura compartilhada, bem como com os assuntos de atualidades, os debates são um incentivo à reflexão sobre formas de intervenção da realidade;

Aula invertida: a escola amplia o contato com o aluno por meio de estudos prévios de vídeos, leituras, podcasts, filmes, experimentos científicos, artísticos, etc. Antes da aula acontecer, cada estudante traz um repertório de pontos de vista, questionamentos e contribuições sobre o tema do dia;

6º e 7º Anos

Os alunos são cuidados para aprender com um número maior de professores e disciplinas pedagógicas, com conteúdos mais complexos e horários mais dinâmicos. Neste momento, são instigados a compreender e aplicar os assuntos das diferentes disciplinas em resoluções de problemas mais subjetivos, que recuperam informações históricas, geográficas, científicas, pautadas no uso mais amplo da língua.

8º e 9º Anos

Os alunos já são preparados para o Ensino Médio, sendo cobrados para atender competentemente a agenda de tarefas, compreender e responder a questões mais complexas e utilizar corretamente a Língua Portuguesa na comunicação oral e escrita. Passam a ter aulas de Biologia, Física e Química.